Exposição e análise

Uma exposição no Nóbrega Antiqüário & Galeria de Arte, que começou na semana passada, reuniu cerca de 150 mapas e cartas náuticas datados dos séculos 16, 17 e 18. As peças foram produzidas por cartógrafos holandeses, franceses e italianos, e trazem não somente as informações técnicas levantadas na época das grandes descobertas, como também a visão fantasiosa que os europeus tinham do Novo Mundo.

Cenas de canibalismo, casario oriental e índios selvagens são alguns dos elementos encontrados nas históricas obras, que revelam ainda informações curiosas, como os caminhos utilizados pelos primeiros bandeirantes e a hidrovia que levava os explorados do sul do continente até o Oceano.

Para realizar o diagnóstico, a equipe analisou  alguns documentos, além das visitas das reservas. Uma das dificuldades enfrentadas foi a ausência de um Sistema de Informações Geográficas (SIG), com mapas e imagens de satélite digitalizados “O sistema, no entanto, será fundamental para as ações de acompanhamento e controle das áreas”, avisa Mergulhão.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s