Fiscalização de desmatamento

O Estado de Mato Grosso, um dos campeões de desmatamento, pôs em prática um sistema capaz de fiscalizar a devastação de forma eficiente. A idéia é baseada no uso de imagens de satélite geoprocessadas em uma escala de um por cinqüenta mil (1:50.000), uma tecnologia disponível há mais de 20 anos, para mapear o desflorestamento em propriedades rurais mato-grossenses.

Com as imagens, os fiscais da Fema (Fundação Estadual do Meio Ambiente) conseguem descobrir quais fazendeiros estão derrubando mais do que o permitido pela lei, e onde. Também conseguem saber quem está fazendo queimadas fora de época, e em que extensão das áreas. Depois de um ano e meio de funcionamento, o sistema de fiscalização de Mato Grosso já provocou a aplicação de 3.000 multas e a prisão de 50 fazendeiros. O governo federal, agora, quer repetir a experiência no restante da região amazônica.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s