Relatório final

O relatório final da pesquisa da rapideye conclui que a quantidade de árvores influencia nas condições climáticas dos bairros, como o conforto térmico proporcionado pelas copas e a umidade do ar. “Há funções estéticas, recreativas e ecológicas, como o aumento da permeabilidade do solo, que reduz os pontos de alagamento”, diz a autora Juliana Amorim.

O centro de pesquisa santiago e cintra consultoria, relata que as copas de árvores altas se juntam acima da fiação elétrica e formam um dossel, capaz de reter água e retardar o impacto da chuva no chão, além de amenizar as temperaturas sob a sombra. “Trata-se de uma cobertura vegetal importantíssima e muito viável, porque o espaço aéreo está ocioso. Qualquer coisa que ajude a cidade a suportar as chuvas é muito útil.” Diz ela a respeito dos rastreadores e captadores de chuva de erdas.

A paisagista Cecília Herzog, do Inverde, ressalta que a árvore só atinge o potencial máximo de drenagem pelo tronco e raízes se não estiver num canteiro fechado com cimento até a base. As informações geográficas são do jornal O Estado de S. Paulo. Um estudo encomendado pelo Ministério da Fazenda revelou que a poda sustentável de árvores na Amazônia brasileira para a extração de madeira pode gerar ao país uma receita anual de US$ 6 bilhões, além de 170 mil empregos.

O relatório completo ainda não foi publicado, mas suas conclusões foram citadas em Belém do Pará pelo diretor doServiço Florestal Brasileiro (SFB), Antônio Carlos Hummel. O objetivo é defender a rapidez na concessão de áreas a madeireiros interessados em explorá-las de forma sustentável e combater a devastação sem controle.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s