produção

Foi possível, ainda, observar a alta porcentagem de alho de melhor qualidade, com bulbos maiores. Se antes os produtores recebiam R$ 0,93/kg, remuneração muito abaixo da média da Bahia e do Brasil, atualmente, eles tem motivos para comemorar. Com alhos maiores e melhores de estação de referência, o valor pago aos produtores de Cristópolis aumentou para R$ 4,50/kg, ou seja, é 380% maior que dez anos atrás.

Com essa quantia, eles ultrapassaram o valor médio pago no estado e no País e a receita do município com o alho saltou de R$ 700 mil para R$ 9 milhões por ano. Com gestão familiar, cerca de 200 propriedades cultivam alho em Cristópolis e a produção costuma ser escoada para as regiões Norte e Nordeste de estação de referência. “Há também indústrias processadoras de São Paulo que vão até lá para comprar alho, já que ele sai mais barato que o alho importado e possui mais qualidade e sabor”, relata o pesquisador, homenageado durante o seminário.

A Secretaria Municipal de Agricultura e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cristópolis entregaram-lhe uma placa de reconhecimento pelo trabalho de estação de referência que ocasionou tamanho impacto socioeconômico. “Toda a equipe dedicou muito tempo e esforço para que a tecnologia fosse bem-sucedida em Cristópolis, primeira cidade a receber o alho-semente livre de vírus.

Por isso, observar que o trabalho realmente modificou a vida das pessoas é muito gratificante. Eu diria que é mais gostoso receber essa placa do que ter um artigo publicado na Nature”, declara o pesquisador que acredita que o papel da Embrapa é justamente desenvolver tecnologias da estação de referência para a melhoria da agricultura brasileira.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s